• Jonatan Soares

síndrome do piriforme


A Síndrome do Piriforme é uma irritação do nervo ciático, provocada pelo aumento da tensão ou espasmo do músculo piriforme.

Esse músculo é um importante estabilizador da articulação do quadril também da articulação sacroilíaca. Está localizado abaixo do músculo glúteo máximo, em uma camada mais profunda. Muito próximo a ele, passa o nervo ciático, por isso problemas neste músculo também podem gerar ciatalgia - dor, formigamento ou choque no glúteo, podendo descer até a perna e pé.


Ainda não se tem estudos com resultados exatos sobre como ocorre esta síndrome, mas podemos levantar algumas hipóteses para o início desse quadro clínico. Traumas na região glútea, excesso de treinos que exigem grand esforço da articulação do quadril podem desencadear uma hipertonia do piriforme, ou seja, uma tensão exagerada. Outras possibilidades que necessitam ser avaliadas são irritações sacroilíacas por alterações na mobilidade da bacia, e também disfunções no assoalho pélvico (podemos incluir o ligamento sacrotuberoso aqui também).


A quiropraxia é um excelente aliado para auxiliar no processo de recuperação na síndrome do piriforme, seja melhorando a mobilidade pélvica, ou tratando especificamente o músculo piriforme com técnicas miofasciais. Alongamentos para esse músculo, e calor podem ajudar o paciente a aliviar as queixas em casa. Em muitos casos (principalmente pacientes sedentários), será necessário estimular a musculatura glútea e demais estabilizadores pélvicos e do quadril para que essa tensão exagerada no piriforme não retorne.




1 visualização

© 2020 Ponto da Coluna Quiropraxia. Desenvolvido por guilhermesmanhotto.com

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon